6 dicas de design para sua casa

Publicado em | Atualizado em

O design tem também a sua moda, já que acompanha as maneiras de vida de sua época. Mas soluções atemporais têm o seu valor na hora de mobiliar e decorar o seu lar. Isso não quer dizer que sua casa precisa ser rígida, engessada, pelo contrário. Separamos 6 dicas que atendem a uma necessidade humana, que é fundamental nos tempos atuais e não parece ter previsão de mudar: a praticidade.

  • 1: É possível aproveitar e adaptar móveis e objetos em outros espaços

Pense na possibilidade de usar móveis modulares. Esses móveis são peças compostas por módulos de tamanhos pré-determinados que podem ser encaixados, mudando de altura ou de amplitude de acordo com a sua necessidade naquele período. Estantes, armários e sofás que podem ser dispostos de acordo com a necessidade do momento são práticos na hora de limpar e podem ser a solução para problemas de espaço. A versatilidade desse mobiliário pode garantir conforto e praticidade, não importa o acontecimento que sua casa abrigue.

  • 2: Incorpore peças atemporais no dia a dia

Existem peças atemporais, tanto por terem um lugar garantido na história do design quanto por haverem se mostrado adaptáveis a muitos lugares. Um exemplo é a poltrona Egg™, fabricada pela dinamarquesa Fritz Hansen. Arne Jacobsen desenhou a poltrona para a entrada e a recepção do Royal Hotel de Copenhagen, mas ela também pode fazer parte da sua casa, abrilhantando seu espaço com elegância escultural e com conforto. Por que não?

  • 3: Faça uso de madeira natural no mobiliário
  •  

A madeira natural é um coringa, por sua neutralidade e elegância, e também pelo aconchego que proporcionam no ambiente doméstico. As cadeiras ou poltronas em madeira natural de placas finas em formas levemente curvas dos Eames, por exemplo, têm aparência leve e conversam com estilos e cores variados. Elas funcionam praticamente em qualquer lugar, de residências e escritórios, a escolas e áreas públicas.

  • 4: Adicione pontos de iluminação para dar destaque
  •  

Iluminar é preciso. E saber quais são os cantinhos que pedem luz vai fazer da sua casa mais aconchegante. A intensidade e o foco também vão depender do que você pretende valorizar e qual é o momento especial vivido em seu lar. A luminária Suspence Nomad, da Fritz Hansen, por exemplo, proporciona uma qualidade mais difusa à luz, o que evita que chegue diretamente aos olhos dos presentes, causando incômodo, além de ser facilmente movimentada.

  • 5: Use objetos para área externa e interna
  •  

Quer multiplicar as possibilidades de alguns móveis, aumentando o espaço livre? A Voido é uma cadeira de balanço desenhada por Ron Arad, para a Magis. Ela tem linhas suaves e é ergonômica, proporcionando relaxamento e bem-estar. Além disso, é produzida em polietileno, e pode ser usada tanto em áreas internas quanto externas. Aproveite a versatilidade deste tipo de peça.

  • 6: Utilize tapetes para deixar o ambiente mais aconchegante

Onde você vai pisar pode falar muito sobre os seus momentos de conexão com sua casa. Carpetes, tapetes e pisos vinílicos podem ser o toque final para a troca entre você e sua família, com o ambiente. Você pode ter como critérios a temperatura que gostaria de ter, de acordo com a atividade desenvolvida em cada cômodo, ou até com a textura que cada uma
dessas atividades pede.

Comentários