São Paulo 11 3136-1241
Rio de Janeiro 21 3005-9186
Brasília 61 3327-1404

Ergonomia e conforto: conheça a história da primeira cadeira ergonômica de trabalho do mundo

Quem hoje conhece e aprecia as confortáveis cadeiras  Aeron, Mirra, Embody e SAYL, da Herman Miller, talvez nem imagina como tudo começou. A apresentação da primeira cadeira ergonômica de trabalho do mundo, a Ergon, ocorreu há quatro décadas, no ano de 1976. No entanto, Bill Stumpf – designer e um dos principais responsáveis pela criação – precisou antes fazer pesquisas e entender alguns conceitos para, então, projetar a cadeira que mudaria para sempre o mundo desses móveis de escritório.

why_creatures_of_comfort_3

Bill Stumpf nasceu nos Estados Unidos em 1º de março de 1936. Se estivesse vivo, teria completado neste mês 80 anos. Sua relação com a Herman Miller Research Corporation aconteceu no início de 1970. Na época, a maioria dos trabalhadores de escritório utilizava cadeiras primitivas e desconfortáveis. Era necessário pensar em algo novo, que promovesse o bem-estar das pessoas e as deixasse confortavelmente aptas para o trabalho, valorizando também a saúde desses trabalhadores.

why_creatures_of_comfort_1

Foram aproximadamente 10 anos de estudos até o lançamento da Ergon. Tendo como foco o significado de ‘conforto’, Stumpf concluiu que a forma humana não possuía linhas retas, mas sim biomórficas (baseada em curvas, em continuidades). A partir desse conceito, as cadeiras seriam projetadas como uma metáfora da forma humana no visual, bem como a sensação tátil.

Uma vez definida a ideia e o significado de conforto, Bill Stumpf continuou seus estudos com uma vasta pesquisa sobre ergonomia. Para isso, realizou trabalhos com especialistas em medicina ortopédica e cardiovascular. Era preciso compreender os efeitos das cadeiras e da postura no sistema circulatório, nos músculos e nos ossos.

2

3

4

A criação da Ergon foi o ponto de partida para aprimoramentos e evoluções desses móveis de escritório. Todo o estudo que foi feito para se chegar até a Ergon – incluindo uma abordagem rigorosa e técnica, baseada em pesquisas para design de produto – se tornou prática comum ao longo dos anos. Os critérios de conforto de Stumpf influenciaram e ainda influenciam os projetos das cadeiras Herman Miller, principalmente a Aeron, considerada a mais bem-sucedida de todos os tempos.


Design escandinavo: a melhor opção em presentes para quem ama design

An2eBhYAuZqBgvP0IvQ406ROTCfqdtSmeTkmR576ml22No século XIX, durante a evolução da produção industrial, muitos países viam o artesanato sendo eliminado, pouco a pouco, dos costumes da sociedade. Mas em Copenhagen, artistas como Arne JacobsenKay Bojesen e Gunnar Floring aproveitavam essa evolução para aperfeiçoar as técnicas já conhecidas, dando origem a produtos que fazem sucesso até os dias atuais. 

Kay-Bojesen-Craft-Designer-9

O design escandinavo, que tem presença marcante nos produtos Kay Bojesen, Normann Copenhagen, Architectmade e Fritz Hansen, chamam atenção não só pela excelência dos detalhes, mas pela leveza nos contornos e pela durabilidade. São lâminas, madeiras maciças e trabalhos que misturam minimalismo, tradição e personalidade de um jeito que jamais se viu em outros tipos de design. 

O design escandinavo surgiu para aliar excelência e funcionalidade, gerando projetos únicos, capazes de despertar as mais diversas sensações. 

AoVun9REqch2wJ-LuWnwWajb4DAeBXiFJPSOc4Tsh85c

Você verá a seguir uma lista de sugestões de presentes que separamos, para que você leve um pouco do design escandinavo para a sua casa ou para a vida de quem você ama.  Confira: 

Large (6)

Monkey: Design que decora e faz sorrir. Criado pelo dinamarquês Kay Bojesen, uma ótima opção de presente e de decoração para aquele lugarzinho especial no seu escritório ou na sua casa.

galeria-1

Baby Elephant: Pequeno elefante de madeira desenhado para Lucie Kass por Gunnar Floring, em 1961, com a colaboração de Harry Vedoe – conhecido pelas suas diversas ilustrações em livros infantis para o famoso Benny Andersen. Juntos, os designers criaram um pequeno elefante com design atemporal, que faz despertar a criança que ainda vive dentro de nós.

rabbit-4

Rabbit: Também desenhado por Kay Bojesen, o Rabbit é um daqueles presentes que duram a vida inteira e passam de geração para geração. Ele “nasceu” em 1957 e desde então se tornou um amado ícone do design dinamarquês, capaz de se adaptar a diversos espaços da casa ou do escritório e perfeito para presente em diversas ocasiões, inclusive no Natal.

owl-1-2

OwlAs simpáticas corujas desenhadas por Paul Anker para a Architectmade foram projetadas em 1960. As novas versões possuem cabeça e corpo conectados a um ímã, o que lhe confere movimentos mais flexíveis e expressões marcantes para um design que combina com diversos espaços. 

Gostou das opções? Em nosso site temos muito mais esperando por você. Clique aqui e escolha aquelas que mais combinam com seu estilo, ou com o estilo da pessoa que você quer presentear.

 

 

 

 


Design dinamarquês – Mestres e Ícones

De 21 de agosto, a 28 de setembro o Instituto Tomie Ohtake apresenta uma exposição que reúne 50 peças entre objetos e mobílias assinados por grandes nomes do design dinamarquês. A Egg™ Chair, da Fritz Hansen, faz parte da exposição.

A mostra Mestres e Ícones – a primeira da série de parcerias entre o Instituto Tomie Ohtake, a Agência Dinamarquesa para a Cultura e o Museu de Design da Dinamarca – dá destaque especial às cadeiras porque elas enfatizam o modernismo orgânico, estilo adorado pelo país que assumiu como principal característica, em suas criações, o design original.


Sobre a Egg Chair

A Egg Chair foi criada em 1958 por Arne Jacobsen. Seu formato, inspirado na casca de um ovo, transmite, além da beleza inspiradora e peculiar, a sensação de conforto e privacidade para momentos de descanso e concentração. Saiba mais sobre ela aqui.

.

A Atec Original Design também tem uma exposição exclusiva sobre o design dinamarquês. Em nosso showroom você confere não só a Egg Chair, mas a linha completa de produtos da Fritz Hansen. Faça-nos uma visita:

 

SÃO PAULO: tel 11 3056-1800 Av. Brigadeiro Faria Lima 1800 – 10° andar – Jardim Paulistano
Estacionamento no local

RIO DE JANEIRO: tel 21 2267-9795 Rua Lauro Muller, 116 – Sala 704 – Torre Rio Sul – 22290-160 – Rio de Janeiro – RJ
Estacionamento no local

BRASÍLIA: tel 61 3327-1404 SCN QD 02 BL D Torre B Sala 632 Centro Empresarial Liberty Mall 70712-903 – Brasília – DF
Estacione na área coberta por cortesia da Atec.


Showroom da Atec recebe as mesas e cadeiras minuscule™

minuscule

Assim mesmo. Com “m” minúsculo. Por que dizer em maiúsculas se você pode se comunicar de maneira simples e elegante? minuscule traduz o estilo informal e discreto pelo qual os dinamarqueses são famosos.

minuscule é um projeto descomplicado e ao mesmo tempo muito bem elaborado, que foi iniciado por uma série de experimentos e conversas criativas entre Cecilie Manz e a Fritz Hansen. Os estudos preliminares envolveram apenas materiais e não houve restrições à criatividade. “Para mim, o projeto começa sempre com o material. Preciso ter todos os materiais na minha mão antes, para que eu consiga sentir se é algo que eu possa trabalhar”, diz Cecilie.

minuscule-post-blog-02

 

 

 

minuscule combina a tradição da Fritz Hansen em mesclar artesanato com a produção industrial. A concha do assento é estofada e costurada à mão em um leve e resistente tecido, com acabamento das bordas em couro.

 

O assento é apoiado sobre uma base moldada em plástico, um material contemporâneo, que cria um contraste com o tecido e o couro usados no assento. As linhas retas sobre a estrutura de base são suavizadas, como as curvas de pedras lavadas pela água do mar. Uma fonte de inspiração para os detalhes do projeto da minuscule.

O tecido da parte externa do assento está disponível em dois tons de cinza – uma cor que fascina Cecilie porque é a única capaz de absorver todas as outras cores. A parte interna do assento é estofada em uma variedade de cores que vão desde o laranja e o ocre, até o azul escuro.

minuscule-post-blog-03

 

lounge table apresenta a mesma base que a cadeira (em plástico cinza) com um tampo em madeira ou laminado branco. A linha minuscule, composta pela mesa e pela cadeira, tem desenho simples e leve, sendo adaptável a diferentes ambientes, seja um saguão de aeroporto, lounges, sala de reunião ou sala de estar.

minuscule é uma extensão da coleção de ícones atemporais do design da Fritz Hansen. Um design formal para situações informais.

Ganhadora do prêmio de melhor cadeira de 2012 na International Contemporary Furniture Fair (ICFF), a linha minuscule foi inspirada nas clássicas linhas curvilíneas de Arne Jacobsen, e já faz parte do showroom da Atec.