São Paulo 11 3056-1800
Rio de Janeiro 21 3005-9186
Brasília 61 3327-1404

Design de interiores sustentáveis: os móveis originais colaboram?

Não é inteligente dar vida a novos projetos sem considerar o impacto que eles podem ter no Planeta. Por isso, projetos de design de interiores sustentáveis buscam soluções eficientes que previnem impactos na natureza. Eles se concentram na escolha dos materiais e promovem, tanto a união de tecnologia, ergonomia e sustentabilidade, como os processos de reciclagem e reaproveitamento. Além disso, a maior utilização possível do espaço é sempre uma prioridade.

O mundo que enfrentava uma crise climática, agora, combate uma pandemia. Nesse contexto, é latente a importância de que nossas iniciativas, planos e projetos levem em conta a nossa existência, a do outro e a do Planeta.

Será que o design original colabora para projetos de design de interiores sustentáveis? A resposta é sim e vamos mostrar de que forma isso acontece. Siga a leitura!

Como são os projetos de design interiores sustentáveis

cadeira embody chair exemplo de design de interiores sustentáveis

A Embody Chair é um exemplo de material sustentável para projetos de escritório

  • Grande busca por envolvimento com a natureza;
  • Uso de elementos primários, como luz, água, plantas e paisagens naturais;
  • Ventilação natural;
  • Materiais, cores e formas naturais;
  • Iluminação natural;
  • Elementos que evocam a natureza e a passagem do tempo;
  • Vistas amplas, tanto para dentro quanto para fora;
  • Elementos ou produtos que utilizam em seu processo de fabricação, materiais renováveis.

Por que adotar o design sustentável

Os projetos de design de interiores sustentáveis promovem mais do que o cuidado com meio ambiente. Eles contribuem para a produtividade e trazem inúmeros benefícios físicos, mentais e comportamentais. Além disso, possuem tecnologia voltada para a sustentabilidade e passam por estudos com o intuito de atingir esse ideal.

Entre as melhorias físicas, podem ajudar no condicionamento, a reduzir a pressão arterial e sintomas de doenças. Entre os benefícios mentais, pode-se destacar o aumento na satisfação e na motivação, além do combate ao estresse e ansiedade. Há ganhos também na criatividade e na capacidade para resolver problemas. 

Os benefícios dos projetos de design de interiores sustentáveis aparecem, ainda, no aumento da atenção, da concentração e nos estímulos à interação social.

Tudo isso se deve a uma série de fatores que podem compor um design de interior sustentável. O maior envolvimento com a natureza, através de elementos primários, como iluminação, ventilação e paisagem naturais é um exemplo.

 

Como o design original colabora para projetos de design de interiores sustentáveis?

A redução de impactos no Planeta é uma das preocupações das empresas que fabricam móveis com design original. As peças são desenvolvidas para durar por muitos anos e encaram testes duríssimos de resistência para atingir esse objetivo. Desse modo, chegam ao mercado com um nível de qualidade jamais encontrado nas cópias. 

A sustentabilidade também está presente na escolha das peças, imaginando o posterior descarte. É possível desmontar rapidamente um móvel com design original e reutilizar a maioria das peças. Os fabricantes estão atentos a essa possibilidade, pois testam seus produtos em condições extremas e conhecem bem a sua qualidade.

Prezar pela escolha de móveis de design original sustentável pode ser um bom começo. As cadeiras Herman Miller servem de exemplo, com destaque para Setu Chair, Embody Chair e Celle Chair, fabricadas com materiais de 90 a 99% recicláveis e que possuem longa vida útil. 

 

cadeiras Setu, Embody e Celle

Setu Chair                                                                               Embody Chair                                                                           Celle Chair

 

Deseja criar um projeto de design de interiores sustentável? Utilize produtos originais!

 

Certificações para o design de interior sustentável 

Os projetos com design de interiores sustentáveis também são agraciados por certificações que reconhecem as melhores práticas na construção sustentável. É o caso do Green Building Council (GBC), organização sediada nos EUA, que emite a certificação Leadership in Energy and Environmental Design (LEED). Trata-se de uma habilitação para que os arquitetos projetem e executem empreendimentos ambientalmente corretos.

Outro exemplo é a certificação Cradle to Cradle, uma das mais relevantes para reconhecer produtos desenhados para a economia circular, ou seja, aqueles usados em projetos sustentáveis. Aliás, a C2C está perto de ganhar a versão 4.0, com mudanças em todos os cinco níveis de certificação, do básico ao platina.

Existem mais de 570 produtos certificados com C2C. São peças que buscam soluções efetivas e definitivas na indústria, recorrendo a materiais com capacidade para resistir ao uso por vários ciclos.

Como aplicar o design sustentável nos seus projetos

Para aplicar o design sustentável, priorize a compra de móveis com materiais que causam menos impacto ao meio ambiente, como aqueles que utilizam componentes reciclados e recicláveis e/ou naturais. Os conceitos do comércio equitável também são úteis: preços justos, com padrões sociais e ambientais equilibrados.

Avalie, por exemplo, se a logística de distribuição do produto consome muita energia. Processos handmaid – feitos à mão – como a maioria das peças Fritz Hansen, além de mais duráveis, impactam menos o meio ambiente.

Outro método é reaproveitar. Uma pintura em laca pode deixar estantes e aparadores velhos parecendo móveis novos. Pallets e caixotes, em alguns casos, podem se transformar em sofás, prateleiras e até em camas. As plantas também são bem-vindas.

Projetos sustentáveis

Alguns projetos com design de interiores sustentáveis podem inspirar. Kim-Julie Hansen, do Best of Vegan, mostrou que o veganismo pode ser repetido nas casas. Ela mora em um loft com decoração totalmente vegana e sustentável. Seus objetos decorativos não têm nenhum impacto ambiental, desde a produção, tampouco materiais de origem animal.

Outro exemplo vem do escritório Faulkner Architects. Neste caso, um verdadeiro encontro da arquitetura com a natureza. Eles projetaram uma casa sustentável em um terreno rico em folhagem verde. Os moradores não queriam derrubar nenhum galho e os arquitetos resolveram a questão com janelões e lindas vistas para a natureza.

Agora que você está bem informado sobre como o design original colabora para projetos de design de interiores sustentáveis, já está pronto para explorar o portfólio da Atec. Temos as melhores marcas de design original que prezam por sustentabilidade do início ao fim. Entre em contato.


Design sustentável: o processo eco-responsável da Herman Miller

A Herman Miller é uma empresa pioneira em diversos aspectos, mas também pode-se destacar o design sustentável, uma premissa que existe, ao menos, desde 1953, quando o fundador, D.J De Pree, se comprometeu a não prejudicar o Planeta ao desenvolver os projetos da sua empresa. Quer entender melhor o processo eco-responsável da Herman Miller? Siga a leitura!

 

Design sustentável e curiosidades da Herman Miller

Os produtos Herman Miller são quase 100% recicláveis. É impossível falar em sustentabilidade no setor, sem citar a Aeron por exemplo. Mas há outras curiosidades que chamam atenção na história dessa empresa, tanto na sua cultura e métodos, quanto nas ações sustentáveis.

cadeira aeron design sustentável

Além do design vanguardista, a Aeron possui até 76% do material do corpo proveniente de reciclados

 

Você sabia, por exemplo, que De Pree convidou George Nelson para ser diretor de design após ler um artigo dele na revista Life? O relacionamento pessoal e profissional dos dois originou diversos produtos. Entre os mais marcantes, o sofá Marshmallow.

A Herman Miller também foi uma das primeiras a aderir ao sistema de produção da Toyota. Essa parceria trouxe mais eficiência e melhorias na capacidade produtiva, no nível de qualidade e segurança da empresa.

Cabe destacar que os recursos obtidos no Green House, instalações da empresa em Holland, Michigan, contribuíram para a fundação do Green Building Council dos Estados Unidos. Essa organização direciona o mercado da construção civil em prol da sustentabilidade.

 

A metodologia cradle to cradle

A Herman Miller inovou diversas vezes com peças de design sustentável, sendo pioneira em ações ambientais no setor privado. O ano de 1989 marca a fundação da equipe de ação de qualidade ambiental. E, em 1997, essa visão aproximou a Herman Miller do MBDC, empresa de William McDonough e Michael Braungart, que desenvolveu o protocolo Cradle to Cradle (C2C).

A metodologia visava implementar a eco-efetividade na cultura de negócios e a Herman Miller foi pioneira nesse sentido. Em síntese, empresas que aplicam a metodologia devem fazer avaliações químicas dos materiais utilizados, considerando o impacto sobre as pessoas e o meio ambiente, a nível molecular. 

A desmontagem simples, facilitando consertos, é outra prerrogativa do C2C. Tudo isso para aumentar a capacidade de reutilização de cada componente usado nos móveis.

 

As vantagens de ser eco-responsável

cadeira Mirra 2 design sustentável

A cadeira Mirra 2 possui design original e ergonômico, com encosto e assento adaptáveis ao corpo

O processo eco-responsável ajuda a Herman Miller a criar designs inovadores, tornando a companhia uma inspiração, tanto em projetos residenciais, quanto corporativos. A empresa acredita no design atemporal, pois qualidade e durabilidade promovem sustentabilidade em essência. Os produtos nascem dessa forma para evitar, ao máximo, o descarte no meio ambiente. 

Além disso, as empresas que a Herman Miller representa têm processos de fabricação sintonizados com as regras de menor impacto ambiental. A cadeira de escritório Mirra, que surgiu em 2001, é o primeiro produto com a metodologia Cradle to Cradle da empresa. Essa criação trouxe muitos desafios, dentre eles, convencer os fornecedores sobre a importância de fabricar um produto e seus componentes. 

A empresa também esbarrou na dificuldade para aplicar a logística reversa nos seus produtos. Neste momento, se efetivou a eliminação do PVC na composição dos braços das cadeiras. Uma mudança que trouxe um grande benefício: os novos componentes mostraram-se mais baratos. Isso fez o investimento inicial ser mais alto, mas houve economia no longo prazo e proteção ao meio ambiente.

 

A excelência operacional da Herman Miller

A cadeira multifuncional Keyn design sustentável

A cadeira multifuncional Keyn possui diversos certificados de sustentabilidade

A empresa se preocupa com o cliente para além do ambiente de trabalho. Para isso, recorre a práticas e tecnologias inovadoras, como o Sistema de Desempenho da Herman Miller. Defendendo e aplicando uma série de práticas em toda a rede de operações, passando por distribuidores e fornecedores. É assim que a empresa aumenta sua confiabilidade perante os clientes.

A Herman Miller tem este DNA desde as origens. Em 1950, a empresa instituiu um programa formal de gestão participativa. A partir de 1983, os funcionários puderam comprar ações da empresa após completar um mês de serviço. Em 1999, cerca de 16% das ações em circulação na Herman Miller correspondiam a funcionários-proprietários. 

E, para embasar as decisões de curto e longo prazo que impactam a empresa, é usado um sistema de compensação, medição e indicador de desempenho, o Valor Econômico Agregado (EVA). Trata-se de uma avaliação interna sobre o desempenho operacional e financeiro e que se relaciona com a compensação de incentivo para os funcionários-proprietários.

Por trabalhar com esses princípios e promover o design sustentável, a Herman Miller consegue manter seus altíssimos padrões de qualidade, respeitando a saúde dos seus clientes e do Planeta. Gostou da leitura? Acesse o blog da ATEC para ler mais conteúdo relevante para o seu escritório ou projeto residencial.


Soluções acústicas para tempos modernos

 

Soundwave Flo

Quando o assunto é ruído no ambiente de trabalho, a maioria dos artigos aborda a perspectiva industrial, das empresas que operam grandes maquinários.

Contudo, nos últimos anos, as configurações dos escritórios e dos espaços corporativos têm mudado bastante. Muitas organizações têm optado por espaços abertos, diminuindo as barreiras entre departamentos e fomentando a conectividade entre os funcionários.

Soundwave® Pix

Com essa alteração, inevitavelmente aqueles sons indesejados e irritantes, que atrapalham a concentração e consequentemente a produtividade, têm sido cada vez mais presentes nas empresas, o que coloca um novo problema para os gestores.

Se por um lado as novas configurações de espaços aumentam a conectividade entre os funcionários, potencializando o trabalho em equipe, o brainstorm e a criação conjunta, por outro a amplitude dos ambientes abertos faz com que o som se propague (por não encontrar barreiras que o absorvam) muito mais que o desejado.

Soundwave Wicker

Os prejuízos trazidos por esses barulhos vão muito além da perda de audição – caso mais extremo. Eles podem provocar dores de cabeça (cefaleias), sensação de ouvido cheio, fadiga, tontura, alteração da pressão arterial, stress e problemas endocrinológicos, psicológicos e neurológicos. Sim! Você pode engordar pelo ouvido: o stress gerado pelo barulho provoca um aumento de secreção de hormônios da suprarrenal, que leva a uma maior produção de gordura.

Soundwave Wall

O desconforto gerado pelos ruídos – e seus possíveis danos – tem consequência direta na performance dos colaboradores.

Funcionários estressados e desconcentrados não conseguem desempenhar todo seu potencial, por isso as empresas devem garantir a saúde auditiva da sua equipe a fim de evitar maiores danos.

Como resolver essa questão?

É preciso escolher entre um espaço aberto, que acompanha as tendências das novas formas de trabalho, ou um ambiente fechado, tendo em vista o bloqueio da propagação do som? De modo algum! A Atec foi em busca das melhores soluções acústicas do mercado, para que as organizações consigam juntar o útil ao agradável. Oferecemos os melhores produtos para que a sua empresa minimize a reflexão das ondas sonoras, a fim de garantir ambientes abertos, conectados e confortáveis para todos.

Soundwave Swell

 


Eames Lounge: leve seu prazer a sério

A Eames Lounge Chair, criada por Charles e Ray Eames permanece como ícone incontestável do design mundial. É a representação de uma beleza e conforto inigualáveis, mesmo que seis décadas já tenham passado desde a sua criação.

eames-lounge-chair-2

É uma poltrona, mas não apenas isso. É também a materialização do conhecimento e do trabalho de um casal incomum, até para os dias atuais.

Interessante observar, revisitando a história, que os Eames se uniram não só para compartilhar uma vida e constituir uma família, mas para somar o turbilhão de ideias que dominavam suas mentes.

Juntos, eles usavam a criatividade para buscar soluções simples e sofisticadas para a vida. Não é por acaso que seus projetos ultrapassam gerações e ainda surpreendem pelo design, conforto, prazer e qualidade de vida que proporcionam a quem tem o privilégio de desfrutá-los.

charles-ray-eames-1

Charles e Ray Eames eram mais que um casal, uma equipe. Um time que possuía a capacidade de encontrar a conexão humana em cada detalhe. Viam o design em sua forma holística, estavam sempre criando e modelando. Acreditavam no design como estilo de vida, não apenas profissão.

Em cada projeto criado pelo casal — projetos estes que não estão restritos ao mundo mobiliário, importante ressaltar — eles provavam que o design, como um bom anfitrião, prevê as necessidades de seus convidados e busca alternativas para que essas necessidades sejam supridas.

Para os Eames, não bastava buscar e encontrar alternativas, era preciso modificá-las constantemente. Charles e Ray acreditavam que processo de criação de um projeto nunca acabava na manufatura. Incansáveis, eles sempre tentavam fazer melhor, otimizar o que já haviam conseguido, em busca da perfeição.

Eles não eram obcecados com estilos, curvas, tramas, formas. Eles eram obcecados com satisfação das necessidades. O design era, nas mãos desse casal, uma ferramenta para gerar soluções. Era parte da vida. Parte da qualidade de vida.

eames-lounge-chair-3

Depois de tanto tempo aprendendo, conhecendo e apreciando os detalhes da Eames Lounge Chair — e de tantos outros produtos desenvolvidos pelos Eames — tomamos a liberdade de repetir uma das frases que Charles costumava dizer: “Leve seu prazer a sério”.

Charles dizia também que “Além da era da informação está a era das escolhas”. Se o design produzia e produz soluções para os nossos dias, para aumentar nossa qualidade de vida e para ajudar-nos a viver mais e melhor, a nós, só resta escolher.

 

Viste um de nossos showroons para ver de perto a Eames Longe Chair e os outros produtos criados pelos Eames. Te esperamos!


Open Box Atec – Produtos com até 70% de desconto

PROMOÇÃO ENCERRADA

Que tal começar 2017 aproveitando excelentes oportunidades? A Atec está promovendo, por tempo limitado, mais uma Open Box.  São produtos do showroom, originais, criados por designers consagrados e com preços imperdíveis! Leve para sua casa ou escritório os móveis e acessórios mais desejados do mundo, com descontos que variam de 30% a 70%. Confira a lista de produtos que participam dessa promoção:

*Imagens meramente ilustrativas

Produtos da Herman Miller:

Celle Chair, Aeron Side Chair, Eames Aluminum Group Chairs, Eames Molded Plastic Chairs,  Setu Chair e Setu Lounge Chair, Caper Chair, SAYL Chair, Aside Chair, poltrona Swoop Club Furniture, Eames Tables, mesa Nelson Swag Leg , banco Tuxedo, Abak Enviroments, Tu Filing, Luminária Flute Personal Light.

Produtos Fritz Hansen:

Luminária KAISER Idell, cadeira Series 7, poltrona VIA 57, cadeira Drop, cadeira Space, NAP chair, mesa T-NO1, mesa Analog, mesa Essay, poltrona Swan, poltrona RO, EGG chair, cadeira Rin, Minuscule Chair, mesa de apoio Minuscule, poltrona Séries 3300, sofá FAVN, sofá LISSONI, sofá ALPHABET.

Produtos USM:

USM Haller Modular Office Cabinet,

Produtos LEES:

Carpetes Lees, vários modelos.

Para saber mais sobre a promoção e os produtos, clique aqui. Aproveite, pois os descontos são oferecidos por tempo limitado. Consulte a disponibilidade dos produtos.