São Paulo 11 3056-1800
Rio de Janeiro 21 3005-9186
Brasília 61 3327-1404

Quando cabines acústicas substituem as salas de reunião?

Já imaginou que a sua empresa pode ter  espaços para videoconferências e trabalhos que exigem foco, sem um grande investimento na infraestrutura do escritório? Acredite: isso já é possível! As cabines acústicas começaram a ser usadas nos ambientes corporativos de planta aberta, porque o nível de distração nestes espaços, em função dos ruídos, geralmente é muito alto. Privacidade e tranquilidade são fundamentais na realização de diversas tarefas, por isso, as cabines começaram a se popularizar.

Os escritórios open plan – planta aberta – trazem inúmeras vantagens, como aumentar a colaboração entre as equipes, dar flexibilidade espacial ao escritório e permitir que mais pessoas atuem no mesmo local, porém, em muitos deles, o condicionamento acústico é ruim, trazendo desconforto e aumentando o estresse das pessoas no dia a dia.

As cabines acústicas resolvem o problema, proporcionando um bom isolamento e um confinamento acústico excelente para o trabalho. Esse tipo de solução tem tratamento térmico e acústico para aumentar a privacidade, sem tirar o contato visual. 

ambiente de trabalho com cabines acústicas da BuzziHive

Cabines e estações acústicas são tendência em open spaces. Na imagem, estações acústicas BuzziRive

Tudo que alguém precisa fazer para trabalhar é plug and play, ou seja, é ligar e usar. Você terá privacidade sonora, aumento da concentração e a produtividade em alta.

Quer entender mais sobre cabines acústicas e avaliar esse investimento no seu escritório? Siga a leitura!

 

Situações em que cabines acústicas substituem as salas de reunião

As cabines acústicas servem para reuniões e videoconferências, porém, elas não são como as salas de reunião que usamos. Na verdade, são projetadas para substituir esses modelos. Veja algumas situações:

  • Empresas que buscam soluções de isolamento sem poluir a decoração. As cabines acústicas cumprem a função e dão um toque no design do escritório;
  • Onde há muita interação e faltam locais para a realização de tarefas que exigem maior concentração;
  • Empresas que precisam fazer mais com menos. Salas de reuniões costumam ser maiores, aumentando os espaços ociosos, em especial quando somente uma pessoa reservou o local;
  • Escritórios que necessitam de áreas isoladas para uso individual, ou no máximo com quatro pessoas e ocupação rotativa.

 

Os motivos da substituição

Nos escritórios, muitos aspectos são importantes, entre eles, conforto, iluminação e silêncio. Sem barreiras para controlar o barulho, as pessoas discutem os resultados do futebol, debatem política e contam crises de relacionamento. O problema é que, com o passar dos anos, ficou claro que as pessoas compartilham mais informações do que o necessário nos escritórios open plan.

Segundo um estudo divulgado no American Journal of Industrial Medicine trabalhar o tempo todo em um local barulhento, cheio de conversas paralelas, é prejudicial não apenas a atenção e ao foco, como está associado a problemas de pressão e colesterol. Melhorar as condições de trabalho, o bem-estar e a saúde dos trabalhadores são bons motivos para implementar as cabines acústicas

cabines acústicas Framery na cor vermelha

A cabine acústica Framery adota o sistema plug and play, podendo ser facilmente movimentada, além de ter diversas opções de configurações

Outro fator é o conforto acústico. Como as divisórias não alcançam o teto, é preciso observar a reverberação. Se não for controlada, ela pode gerar um grande raio de distração e propiciar erros. A questão é que a produtividade cai, pois os trabalhadores perdem sagrados minutos recuperando a concentração.

 

As novidades que vêm por aí

Os escritórios de trabalho estão mudando. Entre as tendências, os ambientes de trabalho sem paredes ou divisórias. Ponto para quem imaginou os espaços coworking.

A adesão a esse modelo deve gerar ideias criativas para chamar a atenção daqueles que usam as cabines acústicas. As soluções, além de funcionais, podem melhorar o design do escritório. Alguns modelos permitem até customizações no interior, como mudanças na configuração dos assentos, nas superfícies e na iluminação.

E sabe onde devem ocorrer as próximas reuniões de brainstorming? Em cabines personalizáveis, de diversas cores, configurações e tamanhos, capazes de mostrar o DNA de cada empresa.

cabines acústicas rosa

A cabine BuzziHood é ideal para ligações rápidas

E lembre-se: é importante usar o bom senso, pois, no Brasil, os critérios utilizados estão na norma ABNT NBR 10152, que regula a acústica nos ambientes internos e edificações. De acordo com este documento, os níveis aceitáveis são:

  • 35 a 40 decibéis nas salas de reunião;
  • 40 a 45 decibéis nas salas de gerência, diretoria e videoconferência;
  • 45 a 50 decibéis nos escritórios coletivos, recepções e salas de espera.

 

Gostou da leitura? Agora você sabe como é importante melhorar o escritório beneficiando certas atividades. Além das cabines acústicas, conheça outras soluções da Atec e encontre seu espaço ideal para o trabalho.


Como a ergonomia no trabalho afeta a produtividade?

A ergonomia no trabalho deve ser uma das principais preocupações das empresas, afinal, é uma das condicionantes que afeta a produtividade. O termo ergonomia deriva do grego: ergon, que significa trabalho e nomos, que significa normas. A área se divide em três campos: físico, cognitivo e ambiental e, na visão de especialistas, é um grande erro ignorar os mandamentos da ergonomia no ambiente organizacional.

Nesta entrevista ao Diário de Pernambuco, a fisioterapeuta do SESI Saúde, Márcia Heráclio, indica que muitas causas de afastamento do trabalho estão ligadas a falta de ergonomia no ambiente onde as tarefas acontecem: 

“Assentos ou bancadas inadequadas obrigam o trabalhador a usar posturas impróprias. Se o assento for muito alto pode acarretar em dores nas pernas, nos joelhos e nos pés. Enquanto que se for muito baixo, irá prejudicar o dorso e o pescoço”, alertou a fisioterapeuta 

Sua empresa aplica a ergonomia no trabalho? Ótimo! Estão de acordo com a lei! Mas, se você lidera uma instituição que ainda não se adequou, chegou a hora! Siga a leitura e entenda por que a ergonomia pode afetar a produtividade da equipe.

 

A NR 17 e a ergonomia no trabalho

A Norma Regulamentadora nº 17 foi criada para que a ergonomia no trabalho tenha amparo legal, visto que é crucial à saúde, conforto, segurança e bem-estar dos profissionais. Elaborada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a NR 17 visa reduzir os índices de doenças e acidentes de trabalho. Também procura minimizar os afastamentos e perdas na produtividade naquelas empresas com ambiente organizacional inadequado.

A norma ajuda essas empresas a estabelecer parâmetros que adaptam o ambiente às condições psicofisiológicas dos colaboradores, contribuindo para o melhor desempenho de todos. Para garantir a implementação das normas, as empresas devem realizar a Análise Ergonômica do Trabalho (AET). Esse levantamento serve para reunir as informações que darão base às mudanças e leva em consideração:

  • As regras de produção;
  • O modo de operação;
  • O tempo exigido;
  • O ritmo de execução;
  • O teor das atividades.

 

Ergonomia e produtividade

cadeira Aeron ergonomia no trabalho

A Aeron é referência quando o assunto é ergonomia, sua tecnologia e o design icônico proporcionam uma melhor experiência e conforto

A ergonomia no trabalho impacta a produtividade, porque garante um ambiente mais confortável. Oferecendo os padrões e condições ideais de ergonomia, as empresas contribuem, ainda, com a saúde dos funcionários fora do ambiente organizacional. 

Para atingir tais parâmetros, é necessário fazer uma série de ajustes. Precisa de uma ajuda? Neste tópico, vamos indicar as ações que sua empresa pode adotar para oferecer o ambiente ideal aos colaboradores. Confira!

Mobiliário

Adquira mobiliário de fornecedores que acompanham as tendências do ambiente corporativo e se preocupam com a ergonomia no trabalho para sua empresa. Essa medida é essencial, principalmente, para quem fica muitas horas em atividades repetitivas. Além de oferecer o conforto ideal, ajuda a evitar lesões por esforço repetitivo (LER).

SAYL Chair ergonomia no trabalho

Com seu encosto flexível a cadeira SAYL Chair dá uma maior liberdade nos movimentos

Carga horária

O gestor deve estabelecer a carga horária ideal para cada atividade e os profissionais devem ser orientados a respeitá-la. O excesso de horas pode comprometer a saúde mental do trabalhador e o seu desempenho.

Iluminação

luminária ergonomia no trabalho

A luminária Tone Personal é perfeita para uma iluminação individual

Esse é outro cuidado bastante importante no escritório: a iluminação tem que favorecer a produtividade. Caso não receba a devida atenção, vai afetar a saúde e o desempenho dos trabalhadores. Uma das melhores soluções é tratar a questão de forma individual, com luminárias que se adequam a necessidade de cada profissional.

 

Posição do trabalhador

Os profissionais devem ser orientados a não permanecer na mesma posição por tempo demais. Mostre a importância de alternar as formas de se aconchegar e incentive as pausas: em média, o ideal é descansar 15 minutos após 50 minutos ininterruptos de trabalho.

Exercícios

É interessante que a empresa promova alguma atividade física no ambiente interno, como yoga, ginástica laboral, ou simples alongamentos. Eles podem ser feitos no início do expediente, ou ainda em um dos intervalos de 15 minutos na rotina.

 

Benefícios da ergonomia no trabalho

A ergonomia no trabalho é benéfica tanto para os profissionais, como para as empresas. Os trabalhadores passam a ter melhor postura no trabalho, ganham qualidade de vida e se sentem mais valorizados. Para as organizações, essas medidas diminuem o absenteísmo, aumentam a produtividade – como vimos ao longo deste artigo – e contribuem para melhores resultados.

Por tudo isso, sua empresa deve começar a se adequar e promover melhorias com urgência no ambiente de trabalho. Agora que você conhece os caminhos e principais métodos, é hora de agir. Faça as devidas análises de ergonomia e ofereça bem-estar aos seus funcionários.


Porque a Cosm é a cadeira de trabalho mais importante em décadas

Nenhuma empresa jamais fez uma cadeira de escritório como a Cosm, o mais recente lançamento da Herman Miller. Nem mesmo a própria Herman Miller.

 

Quando a Aeron foi lançada em 1994, logo tornou-se um ícone. Objeto de desejo, é a cadeira de escritório mais vendida da América, um clássico que ocupa um lugar na coleção permanente do MoMA.

A Cosm, feita em colaboração com os alemães do Studio 7.5, é o mais novo e talvez mais importante lançamento da Herman Miller desde a Aeron. Seu sistema de suspensão, inclinação e estrutura flexível fazem com que ela seja o oposto ideológico de sua antecessora.

O que faz a Aeron ser considerada a melhor cadeira são os seus inúmeros ajustes manuais – para cima ou para baixo, para frente ou para trás, reclinar-se mais ou menos, ajustes para a lombar e muito mais. Cosm, por outro lado, ajusta-se automaticamente ao usuário, com exceção da altura do assento e do apoio dos braços, resultando em mais conforto e com maior eficiência.

O principal triunfo de Cosm é que ele segue o movimento natural e os pontos de articulação do corpo do usuário, em vez de forçar o corpo a seguir o movimento de um mecanismo. Como resultado, ele não levanta as pernas do usuário quando elas se reclinam. E isso, além de revolucionário, é a razão pela qual a cadeira levou uma década para ser projetada.

“Basicamente, outras cadeiras ergonômicas sem ajustes não são capazes de lidar com diferentes níveis de força vertical aplicada”, explica Scott Openshaw, Gerente de Ergonomia e Fatores Humanos da Herman Miller. “A [Cosm] posiciona dinamicamente suas molas, de usuário para usuário, o que significa que se adapta à melhor experiência de estar de todos e não eleva as pessoas do chão para dar conta da reclinação.” De maneira mais simples, a Cosm é capaz para combinar o conforto concedido por cadeiras ergônomicas com puxadores e alavancas para ajustes, sem que nem mesmo um botão deva ser girado.

O restante dos benefícios da cadeira resultam de mais patentes e novas idéias. Uma forma contínua da suspensão – ao contrário daquelas independentes em assentos e encostos – adapta-se exclusivamente a cada usuário e permanece em contato constante com as costas, fornecendo suporte total da coluna. Inclinando-se ligeiramente para baixo, os braços da Cosm comportam-se de maneira diferente dependendo de como você está relaxado – ao sentar-se em ângulo reto, eles agem como apoio para os cotovelos. Ao reclinar-se, eles se movem paralelamente ao solo para apoio total do braço.

A Herman Miller aposta que a Cosm será o símbolos dos escritórios compartilhados dos anos 2010 (como a Aeron foi nos anos 1990 e 2000), como coworking, home office ou qualquer lugar no qual os layouts e estações de trabalho não sejam fixos. Se Aeron era uma cadeira para um, a Cosm é uma cadeira para muitos.

Adaptado do artigo original publicado no Gear Patrol


Soluções acústicas para tempos modernos

 

Soundwave Flo

Quando o assunto é ruído no ambiente de trabalho, a maioria dos artigos aborda a perspectiva industrial, das empresas que operam grandes maquinários.

Contudo, nos últimos anos, as configurações dos escritórios e dos espaços corporativos têm mudado bastante. Muitas organizações têm optado por espaços abertos, diminuindo as barreiras entre departamentos e fomentando a conectividade entre os funcionários.

Soundwave® Pix

Com essa alteração, inevitavelmente aqueles sons indesejados e irritantes, que atrapalham a concentração e consequentemente a produtividade, têm sido cada vez mais presentes nas empresas, o que coloca um novo problema para os gestores.

Se por um lado as novas configurações de espaços aumentam a conectividade entre os funcionários, potencializando o trabalho em equipe, o brainstorm e a criação conjunta, por outro a amplitude dos ambientes abertos faz com que o som se propague (por não encontrar barreiras que o absorvam) muito mais que o desejado.

Soundwave Wicker

Os prejuízos trazidos por esses barulhos vão muito além da perda de audição – caso mais extremo. Eles podem provocar dores de cabeça (cefaleias), sensação de ouvido cheio, fadiga, tontura, alteração da pressão arterial, stress e problemas endocrinológicos, psicológicos e neurológicos. Sim! Você pode engordar pelo ouvido: o stress gerado pelo barulho provoca um aumento de secreção de hormônios da suprarrenal, que leva a uma maior produção de gordura.

Soundwave Wall

O desconforto gerado pelos ruídos – e seus possíveis danos – tem consequência direta na performance dos colaboradores.

Funcionários estressados e desconcentrados não conseguem desempenhar todo seu potencial, por isso as empresas devem garantir a saúde auditiva da sua equipe a fim de evitar maiores danos.

Como resolver essa questão?

É preciso escolher entre um espaço aberto, que acompanha as tendências das novas formas de trabalho, ou um ambiente fechado, tendo em vista o bloqueio da propagação do som? De modo algum! A Atec foi em busca das melhores soluções acústicas do mercado, para que as organizações consigam juntar o útil ao agradável. Oferecemos os melhores produtos para que a sua empresa minimize a reflexão das ondas sonoras, a fim de garantir ambientes abertos, conectados e confortáveis para todos.

Soundwave Swell

 


Open Box Atec – Produtos com até 70% de desconto

PROMOÇÃO ENCERRADA

Que tal começar 2017 aproveitando excelentes oportunidades? A Atec está promovendo, por tempo limitado, mais uma Open Box.  São produtos do showroom, originais, criados por designers consagrados e com preços imperdíveis! Leve para sua casa ou escritório os móveis e acessórios mais desejados do mundo, com descontos que variam de 30% a 70%. Confira a lista de produtos que participam dessa promoção:

*Imagens meramente ilustrativas

Produtos da Herman Miller:

Celle Chair, Aeron Side Chair, Eames Aluminum Group Chairs, Eames Molded Plastic Chairs,  Setu Chair e Setu Lounge Chair, Caper Chair, SAYL Chair, Aside Chair, poltrona Swoop Club Furniture, Eames Tables, mesa Nelson Swag Leg , banco Tuxedo, Abak Enviroments, Tu Filing, Luminária Flute Personal Light.

Produtos Fritz Hansen:

Luminária KAISER Idell, cadeira Series 7, poltrona VIA 57, cadeira Drop, cadeira Space, NAP chair, mesa T-NO1, mesa Analog, mesa Essay, poltrona Swan, poltrona RO, EGG chair, cadeira Rin, Minuscule Chair, mesa de apoio Minuscule, poltrona Séries 3300, sofá FAVN, sofá LISSONI, sofá ALPHABET.

Produtos USM:

USM Haller Modular Office Cabinet,

Produtos LEES:

Carpetes Lees, vários modelos.

Para saber mais sobre a promoção e os produtos, clique aqui. Aproveite, pois os descontos são oferecidos por tempo limitado. Consulte a disponibilidade dos produtos.